In desafio história pessoal texto united blogs

A história por trás...

A Coragem veio pra mim em um momento de mudança. Eu tava ali, meio perdida, com medo de dar o passo a frente, e aceitei deixar tudo pra trás e seguir. Em um momento de paz e de muita emoção, lá em Alto Paraíso, abri mão do medo. Medo de tentar, de me me arriscar, de fracassar, de não acreditar no meu potencial... medo de viver. 

Desde então, a coragem tá aí como um lembrente de que: Eu consigo, sim! E se tiver medo, vai com medo mesmo. 💛


Estávamos saindo da Catedral de Notre Dame. O sol estava começando a se pôr, o clima estava fresquinho, crianças corriam na praça, e tinha uma energia de muito paz e tranquilidade no lugar. Atravessamos a rua, entramos nessas lojas que vendem cacarecos, e me apaixonei por esse globinho.

A vendedora não foi nada simpática. Com certeza estava nos xingando com seu francês não compreendido por nós. No fim, pagamos as coisas e saímos de lá meio rindo meio não entendendo o que estava acontecendo. Aquele dia ficou marcado na minha memória, e me aquece o coração quando me recordo de cada minuto que vivi ali.


Tudo era mágico. Não sei se tenho outra palavra melhor pra descrever isso. Eu ainda estava meio sem reação quando cheguei (na verdade, acho que estava sem reação durante o dia todo). O dia estava nublado, tudo cinza, mas quando o ônibus parou em frente à construção, tudo ficou ensolarado na minha mente.

Quem diria que um dia eu iria ler o letreiro "The Making of Harry Potter - Warner Bros. Studio Tour" ao vivo. Tudo parecia surreal demais. Foi um dos dias mais felizes, mágicos e incríveis da minha vida. Cada objeto, cenário, vestuário... tudo era muito bem feito, bem cuidado... e mágico. 

A varinha de Sirius Black simboliza toda essa magia. Toda a alegria, gratidão e amor por esse universo, por esse dia, e por esse momento. 



Gosto de conhecer lugares. Sair andando por lugares que nunca estive me traz uma felicidade muito grande. Em Floripa foi assim. A gente saia por todos os lugares que conseguíamos, e nos encantávamos com as pessoas, com as construções, suas praias, e coisas que encontramos por lá.

Estávamos andando por umas feirinhas, e me deparei com esse filtro dos sonhos. Sou apaixonada por eles, e esse foi o último que comprei. Me apaixonei por ele, pelas cores das penas, pelo trabalho com a madeira... tive que comprar. E ele é só um dos vários que tenho aqui, e cada um tem sua história 💛

Gosto de colecionar coisas pela lembrança. Cada pedra, cada concha, conta sobre um momento, um lugar, uma viagem, um sentimento. Tenho pedras de cachoeiras, de córregos, de estradas... Cada uma com sua energia, com sua memória. 

As conchas? São de uma tarde maravilhosa à beira mar. Um dos momentos mais em paz que já tive. Sem preocupações, sentindo o cheiro do mar, o vento no rosto, cachorros brincando, crianças correndo, surfistas aproveitando as águas... e eu ali, sentada agradecendo aos céus por tudo que estava vivendo ali. 

Como viram, aqui só tem história de amor! 💛  

O post foi um desafio criado no grupo do Facebook United Blogs - O Retorno

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário