In blogmas pensamentos da madrugada pessoal quem sou eu texto

Quem sou eu?

Ultimamente ando tendo uns pensamentos meio existenciais, sabe? Em um desses momentos, comecei a pensar em quem eu sou. Não o que eu faço, ou o que eu gosto, mas quem sou eu na minha essência. Coloquei isso como um desejo para esse novo ano: me redescobrir! Então, para ter um ponto de partida, quero pensar em quem eu sou agora, ou pelo menos, quem eu acho que eu sou.

Eu sou instável. Não no quesito louca, que muda da água pro vinho, mas sou alguém que muda constantemente. Acho que a palavra certa seria mutável. Um dia gosto de algo, depois já não ligo muito. Sou adaptável. Gosto de me imaginar como um camaleão. Me viro com o que tenho, não importando o lugar que estou.

Sou desapegada. Não me ligo muito a coisas materiais. Não tenho dificuldade em me desfazer de coisas, ou terminar amizades/relacionamentos. Calma, não sou alguém que não liga para o outro, muito pelo contrário, mas se eu chego a um ponto em que percebo que não dá mais, eu sigo a minha vida sem muito sofrimento. Pode ser algo ruim, ou não, mas sou assim.

Não sou de carinhos e chamegos. Na verdade, não gosto de toques, beijos e abraços a toda hora, nem sou de demonstrar meu sentimentos para todos a minha volta. Mas isso não quer dizer que eu não sinto. Ah, se sinto! E eu demonstro isso por meio da música, ou de ações, e principalmente pelos meus textos.

Apesar disso tudo, sou alguém que gosta de guardar memórias. Fotos, papeis, vídeos, chaveiros, lembranças, qualquer coisa que me lembre um momento especial. Sou nostálgica. Nada me faz mais feliz do que relembrar essas memórias. Levo tudo com um sorriso no rosto, e muito amor no coração.

Sou apaixonada. Pela vida, por histórias, pelas pessoas, por descobertas, e por conhecimento. Gosto do que é novo, do que me desafia, do que me dá um impulso. Gosto de coletar momentos, lugares, relatos. Gosto de viver.

Sou muito impulsiva. Pode ser por conta da minha Lua em Áries, mas só sei que quando coloco algo na cabeça, eu tenho que fazer naquela hora! O lado ruim é que eu às vezes não penso direito no como fazer ou quando fazer. Eu só vou lá e faço. Por outro lado, eu penso demais. Penso sobre tudo, a todo momento. Contraditório, não?

Sou livre. Não gosto que me prendam, ou que me regrem. Detesto que fiquem me pressionando a agir de uma forma, ou de outra. Como uma boa aquariana, gosto de viver a vida de forma leve e sem correntes.

Sou uma eterna sonhadora. Tenho sonhos a todo momento, dos mais realizáveis aos mais difíceis de se tornarem reais. A verdade é que não importa. Eu sonho, e amo sonhar. É o que me dá um gás, uma razão para fazer mais do que faço.

Por fim, essa sou eu. Uma pessoa tranquila, porém um pouco nervosa. Sonhadora, mas com pés no chão. Uma pessoa que ainda está se descobrindo ao longo do tempo, e que às vezes age de uma forma que não agiria antes. Eu sou apenas... eu. 

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário