8 Lugares para conhecer na Inglaterra


Há um ano atrás eu estava fazendo a melhor viagem de toda a minha vida. Pensei no que poderia fazer para relembrar aquele mês e resolvi dar uma dica de 8 lugares que você não pode deixar de visitar quando você tiver viajando pela Inglaterra. Vale lembrar que todos os lugares que vou falar aqui são os que mais amei conhecer quando estava lá, e que é óbvio que tem mais milhares de lugares maravilhosos para conhecer, mas por enquanto vamos falar só desses oito.


A cidade da segunda universidade mais antiga do mundo! Cambridge é maravilhosa de um ponto ao outro, e você vai se encantar por todo lugar que você andar. É óbvio que você não pode deixar de visitar os colégios que constituem a Universidade de Cambridge. As construções são maravilhosas, e dá vontade de estudar lá, na mesmo hora.

Pra quem quer fazer compras, Cambridge tem muitas e muitas lojas maravilhosas em suas pequenas ruas, além dos shoppings, é claro(Grand Arcade, The Grafton...). Se você quer comprar um moletom da universidade pra levar de lembrança, tem uma feirinha muito legal que fica na Market Hill, e que tem um preço mais acessível.

Um passeio que todos dizem ser muito legal - e que não tive a oportunidade de fazer -, é o passeio pelo The River Cam, o rio que corta a cidade, e dizem que a vista é maravilhosa.

O legal de Cambridge é que dá pra fazer tudo a pé, e você percebe que lá eles andam muito de bicicleta. Lembro que a cada passo que eu dava, via trilhões delas espalhadas pela cidade.


Minha vontade era fazer um post só pra falar da cidade mais maravilhosa que já visitei - e que me fez querer me mudar pra lá, na hora que cheguei. Brighton é uma cidade linda, divertida, jovial e recebe milhares de estudantes de todos os cantos do mundo durante todo o ano. Pra quem vai visitar essa cidade incrível, é claro que não deve deixar de ir ao Brighton Pier, que possui vários fliperamas, além de outros brinquedos, como carros bate-bate, montanha russa, roda gigante (ao lado do pier), entre vários outros.

A cidade também tem sua parte histórica, como o West Pier, que foi construído em 1866, mas que depois de várias tempestades e incêndios, foi se detereorando; e tem o Royal Pavilion, que lembra muito o Taj Mahal, e é maravilhoso. Ele é aberto ao público, mas quando estive lá ele estava fechado durante um tempo.

Se você quer fazer compras, além das lojas que estamos acostumados a ver, em Brighton você pode ir até o The Lanes, vulgo Beco Diagonal, que são várias ruas pequenas com trilhões de lojas que vendem tudo o que você imaginar: roupas, acessórios, bonecos de ação, itens de colecionadores... (encontrei até armas e armaduras antigas lá).

Agora o maior motivo de ter colocado Brighton nessa lista: Sea Life! Eu nunca tinha entrado em um aquário antes, e devo dizer que entrei e saí de lá parecendo uma criança de três anos. O aquário fica bem na frente da praia, e possui mais de 1.500 espécies de animais marinhos. O local é divido por 15 espaços com animais diferentes, e você pode fazer o "Behind the Scenes Tour" para aprender sobre como eles cuidam de todos os bichinhos que tem lá.

Ah! Uma das coisas mais legais lá é o tanque. Tem tartarugas gigantes, peixes e alguns tubarões pequenos, e você pode entrar em um barquinho pra aprender um pouco mais sobre eles. Para saber mais sobre os tickets, você pode entrar no site oficial: https://www.visitsealife.com/brighton/


Visitar o "The Making of Harry Potter" é maravilhoso tanto pra quem é fã, quanto pra quem não é. Os estúdios ficam há alguns minutos do centro de Londres, e é simplesmento incrível. Quando você entra, já se depara com várias fotos dos personagens espalhadas pelas paredes, malas e gaiolas de corujas, o carro do Sr. Weasley no teto, além da loja mais maravilhosa de todas, que vende tudo o que você imaginar do mundo bruxo.

O que achei mais legal é que todos que trabalham lá, fazem com que você estivesse realmente no mundo do Potter. Nos primeiros momentos de visita, você é guiado por um staff, que conta um pouco sobre os filmes, mas logo você se vê livre para explorar aquele lugar imenso. 

Tem tudo o que você imaginar: desde jornais e revistas que eles usaram nos filmes, até uma representação enorme de Hogwarts, que emociona qualquer um.

Uma coisa legal é que a cada "estação" que você passa, tem um local pra você carimbar o passaporte que você pega logo na entrada. É uma ótima lembrança pra levar pra casa.

Ah! ÓBVIO que você não pode deixar de comprar alguma coisa da loja, né? Admito que o preço não é dos melhores, mas vale muito a pena você comprar alguns doces, roupas, pelúcias, cadernos/livros, e, é claro, uma varinha. Afinal, não é todo dia que encontramos coisas tão legais como as quem têm lá (incluindo os objetos de colecionadores, que são divinos).


Apesar de ser algo meio clichê, você não pode deixar de fazer o passeio pela London Eye. O passeio dura, mais ou menos, uns 30 minutos até dar a volta completa, e cada minuto é mágico. Não preciso nem falar que a vista lá de cima é deslumbrante, certo? Dá pra ver cada detalhe da cidade lá do alto, e você consegue ver a Elizabeth Tower, vulgo Big Ben, por um ângulo privilegiado. É um ótimo local pra tirar fotos lindas.


Um dos lugares que nunca pensei que iria gostar, mas que acabou sendo um dos meus favoritos, é o Kensington Palace. O local foi o lar da Rainha Victoria, e é repleto de memórias e histórias. Uma coisa que achei muito fofa, é que quando você anda pelo palácio, você se depara com várias frases espalhadas por todos os lados, que foram retiradas do diário da rainha. 

Lá, você encontra objetos pessoais, roupas, móveis, jornais e várias outras coisas usadas na época. O que eu acho incrível, é você andar pelo local e imaginar como a rainha e sua família viviam naquela época; quais eram seus hábitos, o modo que se comportavam, e até o que pensavam. 

Uma parte da visita é dedicada à Princesa Diana e à sua vida ao lado do Príncipe Charles. Várias imagens, roupas e frases sobre a princesa podem ser encontradas por lá. 

Atualmente, o palácio é a residência do Príncipe William, Kate e, o baby real lindo, George. Você tem que se programar pra fazer a visita, por que tem uma época correta em que eles abrem ao público.


Um local que não fazia ideia do que era, mas não saiu nunca mais da minha cabeça, é o Convent Garden. Você encontra várias lojas, lanchonetes, barraquinhas, e apresentações incríveis dos vários artistas de rua que aparecem por lá.

O que eu mais gostei é que tudo é muito organizado. Apesar de ter muita gente, você não se sente sufocado (o que eu agradeço). Nas ruas próximas ao mercado central, existem várias e várias lojas que parecem não acabar nunca, mas os artistas de rua são os que mais prendem a atenção das pessoas. Quando estive lá, vi alguns ilusionistas, mágicos, homens estátuas, e tive a oportunidade de lanchar ao som de um grupo de violinistas e flautistas incrível.


Madame Tussauds não é novidade pra ninguém, mas é um passeio super divertido que você deve colocar no seu roteiro. A sede do museu fica em Londres, mas existem outras 13 filiais espalhadas pelo mundo.

Não tem nada mais legal do que poder ver sua celebridade favorita ao vivo! Tá, não é AO VIVO, mas é quase, né? As semelhanças das estátuas de cera com os artistas são impressionantes. Você consegue ver cada detalhe, desde a cor do cabelo até a roupa que já usaram.

Cada ala do local tem sua "categoria" diferente: atores, cantores e bandas, filmes e desenhos, esportistas, personalidades importantes (Família Real, Presidentes...). Ah! Uma coisa super legal que tem lá é a Marvel Experience, que além do espaço com várias representações dos heróis, conta também com uma animação em 4D pra você se divertir.

Além das estátuas dos famosos, no museu de cera você encontra uma parte totalmente dedicada à Londres. Tem estátuas e histórias dos reis que passaram por lá, escritores clássicos, representações da época da inquisição, entre várias outras.

Pra quem tem curiosidade em saber como eles fazem as estátuas, tem uma ala mostrando o "passo a passo" de algumas delas. Você pode ver também como toda essa história de estátua de cera começou, vendo um pouco da história da Marie Tussauds, a mulher que teve essa ideia genial.


O último lugar que tenho pra indicar, é uma cidadezinha linda, maravilhosa, e tranquila, chamada Henley-on-Thames. A cidade fica às margens do Rio Tâmisa, e é a coisa mais fofa de todo o universo. Tem aquele ar bem de cidade de interior, sabe? Tudo é perto, organizado, calmo, e limpinho. Quando você anda dá pra ouvir o som da tranquilidade, e não tem sensação melhor que essa.

O motivo de termos visitado essa cidade, é que fomos tomar o famoso chá inglês. Confesso que não era a maior fá de chá, mas depois de ter ido até o Maison Blanc, minha vida não é mais a mesma. Além do local ser uma fofura, era tudo muito gostoso.

Outra coisa que adorei são as lojinhas. Entrei em uma loja que vende artigos de papelaria, chamada Paperchase, onde você encontra cadernos, scrapbooks, lápis, e várias outras coisas muito lindas e bem feitas.

Claro que você não pode deixar de dar uma boa caminhada perto do Rio, né? A vista é linda, você pode tirar fotos incríveis, e tem vários gansos maravilhosos por todo lado.

*Todas as fotos encontradas no post são de minha autoria, com exceção da imagem do Convent Garden.

  • Espero que tenham gostado das dicas, e se você visitou ou ainda vai visitar algum desses lugares, me conta aqui nos comentários! Não esquece de deixar seu blog aqui, caso você tenha, e de se inscrever no canal do Youtube!

2 comentários:

  1. Confesso que fiquei com um leve vontade de ir à Inglaterra, mas gente, essa Hanley-on-Thames é uma gracinha hein ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lá é tudo maravilhoso! kkk Sim, foi um dos lugares que mais amei ! É tudo tão fofinho <3

      Excluir

Tecnologia do Blogger.