Eu tenho a magia dentro de mim

quinta-feira, maio 09, 2013
De vez enquando algumas pessoas chegam pra mim e falam: “Deixa de ser criança, para de falar de Harry Potter, você já tá muito grandinha pra ficar fingindo que é uma bruxa e blá, blá, blá…” Mas quer saber? Eu nem ligo pra isso, por que eu sei que Harry Potter não é só um livro ou um filme que fez e faz sucesso... Não, Harry Potter é muito mais que isso. 

É algo que não tem explicação, algo que só quem leu e se entregou a essa saga consegue entender. É mais que uma simples história, é algo que ensinou a muitas crianças e adolescentes coisas importantes que temos na vida, como o valor da família e da verdadeira amizade; que apesar de todas as dificuldades que temos na vida, no final tudo ficará bem. E é algo do qual eu sinto muita falta. 

Sinto falta daquela sensação de esperar pelo próximo filme, de ver cenas inéditas, de tentar adivinhar o que aconteceria nos próximos livros, de esperar horas na fila do cinema, daquela emoção de comprar meu ingresso pra pré-estréia, de ver meus atores favoritos interpretando personagens incríveis.

A verdade é que agora só me resta relembrar as coisas boas que vivi nesse mundo mágico. Lembro como se fosse ontem, de abrir a Pedra Filosofal pela primeira vez e ler: “O Menino que Sobreviveu - O Sr. e a Sra. Dursley, da rua dos Alfeneiros nº 4 …”.

Era incrível a sensação de abrir um dos livros e entrar em um mundo totalmente novo, diferente e incrivelmente mágico. Lembrar do momento em que Rony, Hermione e Harry se conheceram pela primeira vez, e desde então nunca se separaram; em que todos aguardavam o Expresso de Hogwarts em frente à plataforma 9-3/4. Lembro de ficar feliz ao ver o Chapéu Seletor; assistir a Câmara Secreta repetidas vezes e sempre me emocionar quando Hermione, Rony e Harry se abraçam no Salão Principal; me divertir em o Prisioneiro de Azkaban com bichos papões, Bicuço, e o famoso vira-tempo; ficar super ansiosa e nervosa em o Cálice de Fogo com o Torneio Tribruxo e o encontro de Harry e Voldemort no cemitério.


Conhecer Grope em A Ordem da Fênix, fugir de Dolores e da Armada Inquisitorial para seus encontros com a Armada de Dumbledoree ficar com raiva de Bellatrix por ter matado Sirius Black; começar a busca pelas Horcruxes em O Enigma do Príncipe, ter a sorte de ganhar um frasco de Felix Felicis, ver Rony virar o goleiro da Grifinória, chorar com Hermione enquanto Rony e Lilá namoravam pelos cantos de Hogwarts, e ver os Gêmeos Weasley realizarem seus sonhos criando a loja das Gemialidades Weasley. Se despedir da Família Dursley em As Relíquias da Morte, ver Sete Potters em uma casa, ver Jorge perdendo uma orelha, chorar pela morte de Edwiges e Olho-Tonto, se emocionar no casamento de Fleur e Gui, fugir quando o Ministro da Mgia é morto e comensais da morte vão até o casamento, se tornar amigo de Monstro, ficar feliz quando encontram o Medalhão de Slytherin, chorar quando Rony foge de seus amigos, chorar desesperadamente quando o elfo mais querido de todos morre salvando seus amigos, se emocionar na grande Batalha de Hogwarts...



Enfim, não há nada melhor que relembrar os melhores momentos da minha vida, sabendo que a qualquer momento posso fazer com que a magia se torne realidade e que sempre que precisarmos, Hogwarts sempre vai estar nos aguardando para mais uma aventura. 

As pessoas podem falar o que quiserem sobre Harry Potter, mas nunca irão mudar minha opnião sobre a saga que fascinou e fez jovens do mundo todo acreditar que não importa o que aconteça, temos que acreditar que a magia que está dentro de nós pode mudar muita coisa na nossa vida e no mundo. 


Esse universo criado por J.K. Rowling foi o único lugar de refúgio para várias pessoas no mundo todo. Um lugar onde podemos sonhar, nos diverir, nos expressar e sermos nós mesmo. Por isso a única coisa que me resta fazer é agradecer Joanne Kathleen Rowling por tornar real algo tão incrível, e por fazer a felicidades de tantas pessoas. 


E nunca se esqueçam: a magia sempre estará em nossos corações, basta você acreditarOnce a Potterhead, Always a Potterhead   

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.