In blog do IM blogagem coletiva inspiração pessoal texto united blogs

Esse foi o início de tudo!

Começou em 2013. Um texto ali, uma frase aqui, e o blog nasceu. Não fazia ideia o que queria com ele, e nem que se tornaria algo a mais. Tinha até outro nome: Unusual Dreamer. Era só um minidiário, um lugar pra escrever o que viesse a mente, sem nenhuma obrigação. 

Tudo mudou em 2014. Fiz um intercâmbio, e fui compartilhando todas as minhas experiências em fotos, textos e vídeos. O blog foi crescendo. Fui gostando cada vez mais de escrever e expressar qualquer coisa que eu estava pensando, ou dividir coisas legais que encontrava por aí. 


Decidi mudar o nome do blog, e ele virou o Imprevistos Musicais. No início, me perguntavam a todo o momento o motivo do nome, e eu sempre respondia “É sonoro”.

A verdade é que minha vida nunca seguiu uma rotina certa. Não importa o quanto eu programe meu dia ou semana, sempre, sempre acontece um imprevisto. A parte do musicais é simplesmente porque minha vida é regada a música. É o meu trabalho, o que eu estudo, e o que ensino durante todas as minhas semanas. 


Desde então, o IM foi crescendo. Fui falando sobre música, livros, filmes, e histórias do meu dia a dia. Quando menos esperei, fui recebendo comentários. As pessoas gostavam do conteúdo, me mandavam mensagens, amigos me falavam que tinham lido meus textos, que eu tinha jeito pra aquilo. 

Na minha antiga faculdade, tinha colegas que falavam que os filhos começaram a ler, e que acompanhavam o blog. Fui conhecendo outras blogueiras, fazendo amizades, trocando figurinhas e experiências. Meu mundo foi se abrindo e a minha vontade de escrever só aumentou. 


O IM é o meu refúgio. Não é meu trabalho integral, mas é uma das coisas que eu amo e que me faz feliz. É o que me deixa mais calma, o que alimenta a minha alma e o meu cantinho onde posso ser quem eu sou. 

Sejam bem-vindos ao IM 💛


Read More

Share Tweet Pin It +1

4 Comments

In 8 de março Dia da Mulher dia internacional da mulher gente que me inspira inspiração

8 de Março: As Mulheres que me Inspiram

08 de Março. Dia Internacional da Mulher. Não temos um motivo exato da escolha da data, mas um deles é que no ano de 1917, um grupo de operárias saiu às ruas para protestarem contra a fome e a Primeira Guerra Mundial. O movimento aconteceu no dia 23 de fevereiro, se for contar pelo calendário russo, e no dia 8 de março, se formos pelo calendário gregoriano, que é o que usamos hoje.

fonte: BBC

Pensei muito no que eu poderia fazer para não passarmos a data em branco, e decidi fazer uma homenagem a 8 mulheres que me inspiram em algumas áreas da minha vida. Então vamos lá!
LITERATURA
Jane Austen, escritora inglesa do século XVIII | Sou apaixonada por Jane Austen. Seus livros são incríveis, ricos de detalhes e com histórias cotidianas escritas de modo irônico e romântico.

Um dos motivos que amo seus livros é a ambientação de suas histórias, e o modo que ela descreve o romance. Além disso, Austen retrata mulheres fortes e decididas. 

Temos personagens femininas que não ligam para os "talentos", aquelas habilidades que uma moça deveria ter se quisesse a atenção do seu futuro marido, mas sim para a educação que uma mulher deveria ter.

Austen tem tudo o que eu procuro em uma escritora. Em 41 anos de vida, ela nunca se casou nem teve filhos. Além da educação que recebeu em casa, frequentou um internato junto a sua irmã, em Reading.

Obras famosas: Orgulho e Preconceito, Razão e Sensibilidade, e Emma.



J.K. Rowling, escritora, roteirista e produtora cinematográfica britânica | Não sei nem o que falar sobre essa mulher. Ela é o motivo por eu ter me apaixonado pelo mundo literário e por eu ter me permitido a acreditar.

Joanne teve uma vida repleta de dificuldades: foi mãe solteira e teve ajuda do governo pra criar sua filha, sofreu um relacionamento abusivo, foi negada por 12 editoras, e teve que mudar seu nome, pois um livro escrito por uma mulher não venderia.

Escrevia histórias desde a sua infância, mas foi com a saga Harry Potter que fez sucesso. O que acho incrível sobre a J.K. é a habilidade e sensibilidade que ela tem de retratar nossos problemas e sentimentos dentro do universo mágico.

Ela trouxe à vida uma das minhas histórias favoritas, e com sua força, coragem e determinação é uma inspiração constante no meu dia a dia. 
MÚSICA
Joss Stone, cantora e compositora inglesa | a.k.a. minha cantora favorita de todos os tempos.

Joscelyn Eve Stoker assinou seu primeiro contrato aos 16 anos, e desde então tem feito cada vez mais sucesso no meio da música soul.

Ela é uma grande inspiração musical pra mim, tanto no estilo de música que quero fazer, quanto no estilo de artista que ela é.

A sua voz transmite muita paz, força, e amor pelo que faz. Cresci escutando sua música, admirando seu estilo musical, sua forma de cantar, de se expressar e de se apresentar.

Ela me passa verdade, sabe? Não encontrei nenhum cantora até hoje com quem me identifiquei e conectei tão rapidamente. 

A energia que ela passa, o fundo espiritual de suas músicas, a mensagem que ela transmite, são partes do motivo de respitá-la tanto.



Little Mix, grupo pop britânico desde 2011 | Leigh-Anne, Jade, Jesy e Perrie. Quatro mulheres fortes, belíssimas, talentosas, e inspiradoras.

Elas foram o primeiro grupo a ganhar o The X-Factor UK, e daí já podemos perceber o quão talentosas e incríveis elas são.

Desde o início podíamos ver que elas tinham algo diferente. Elas são amigas de verdade, e isso fica muito claro em todos os vídeos, shows e fotos que circulam pela internet.

Acho que esse é um dos motivos delas fazerem tanto sucesso e de inspirarem tanta gente: sororidade. 

A mensagem delas é de empatia, companheirismo, amor e confiança. As letras das músicas te animan, te motivam, e te passam aquela energia que você precisa na vida.

Sem contar no talento fora desse mundo que as quatro têm. Cada uma tem uma voz única, um estilo de se vestir e de se expressar únicos e quando se juntam é como se algo mágico acontecesse.

São uma inspiração pra mim como quatro mulheres confiantes e que mostram para o que vieram, como artistas seguras de si, e como um grupo unido e que transmite força em suas músicas.
INTERNET
Vanessa Lino, dona e criadora de conteúdo do canal e blog que levam seu nome | Nasceu em Florianópolis, mudou-se para Porto Alegre e hoje, morando na Holanda, inspira e motiva milhares de pessoas com seu jeito simples e verdadeiro.

Conheci o canal da Vanessa com o vídeo dela falando que iria se mudar para a Holanda. Pensei que seria mais uma youtuber legal de acompanhar, para saber como era a vida em um país diferente, mas ela superou minhas expectativas.

Ela mudou tanto desde o primeiro vídeo que vi, e mudou para melhor. Ela nos passa mais confiança, leveza, verdade e amor pelo trabalho dela.

A Vanessa já me motivou em pequenas coisas do dia a dia, sabe? Fazer tudo com mais calma, leveza e fazer aquilo que me faz bem, do jeitinho que me faz bem.

Ela é uma mulher muito especial, com uma energia maravilhosa, e que motiva e inspira muitas pessoas que acompanham seu dia a dia nas redes sociais.




Lilly Singh, comediante, atriz e youtuber canadense | A nossa querida Superwoman faz vídeo desde 2010 e ficou em décimo lugar entre os youtubers mais bem pagos na lista da Forbes em 2017. 

A Lilly foi o motivo de eu ter começado com o projeto "Gente Que Me Inspira". Em 2015, ela postou um vídeo entitulado The #GirlLove Challenge, onde ela desafia seus inscritos a elogiar uma mulher que os inspiram, usando a hashtag #GirlLove, e todo o dinheiro arrecadado por esse vídeo seria doado ao Malala Fund, que apoia a educação para meninas no mundo todo.

Lembro que quando vi esse vídeo, me bateu aquela alegria no coração, sabe? Comecei a ver gente de vários lugares compartilhando esse amor e gratidão pelas mulheres incríveis em suas vidas, e isso me trouxe uma sensação muito boa. Quis fazer algo parecido, e depois de muito tempo, fui colocando esse mini-projeto em ação.

Não lembro quando comecei a acompanhar a Lilly na internet, só sei que desde o primeiro momento eu me identifiquei com ela. 

Ela é engraçada, inteligente, divertida, empoderada, forte e muito, mas muito inspiradora. A Lilly vem de uma família indiana, e acho lindo o modo que ela faz questão de compartilhar um pouco da cultura dela com todos os seus seguidores. 

Além dos vídeos de comédia, temos vlogs que te prendem do começo ao fim, esquetes que ela faz com vários convidados super especiais, e até um livro ela escreveu, o How to Be a Bawse: A Guide to Conquering Life.

Hoje em dia, considero ela uma das mulheres mais motivadoras e inspiradoras de toda a internet, pelo simples motivos de levar tanta alegria, amor e positividade para a vida de milhões de pessoas.
CINEMA & TEATRO

Emma Watson, atriz, modelo e ativista francesa | Nossa querida Hermione Granger começou a atuar aos 9 anos de idade, e desde então foi ganhando espaço em várias áreas de atuação.

Ela começou em Harry Potter, participou de As Vantagens de Ser Invisível, Noé, A Bela e a Fera, O Círculo, e de muitos outros trabalhos como atriz.

Em todos esses anos, acompanhamos a evolução de Emma Watson: de uma garota interpretando uma inteligente bruxa à Embaixadora da Boa Vontada da ONU Mulheres.

Seu trabalho como ativista começou com a campanha #HeForShe, onde apoia a igualdade de gênero, e continua até hoje apoiando movimentos com o #MeToo, onde mulheres vêm quebrando o silêncio e denunciando abusos sofridos ao longo de suas vidas.

Nesse último 8 de março, ela e outras 75 mulheres assinaram uma carta reivindicando direitos iguais. Emma vem lutando e ajudando mulheres a usarem sua voz para se defenderem, se empoderarem, e isso é uma das coisas que mais admiro nela.

Para quem cresceu tendo Hermione Granger como referência, não poderia nunca deixar de citar essa mulher forte que é Emma Watson. 


Keala Settle, atriz e cantora havaiana | Nossa queridíssima atriz saiu dos palcos da Broadway ao estrear Priscila, Rainha do Deserto, em 2011, e vem ganhando o mundo com sua voz.

Conheci essa mulher linda em The Greatest Showman, pelo seu papel como Letty (a mulher barbada), e desde a primeira vez que a vi atuar e cantar, meus olhos se encheram de lágrimas.

O primeiro vídeo que me deparei foi do ensaio em que ela cantava This Is Me, e eu fiquei sem palavras. Uma emoção muito grande foi se construindo dentro de mim, quando vi estava chorando tamanha admiração de criei por essa mulher.

Com This Is Me, ela ganhou um Golden Globe para Melhor Canção Original, e já foi indicada a um Tony Award por sua participação em Hands on a Hardbody.

Ela me inspira de várias formas, seja como uma cantora excepcional, como uma atriz talentosíssima, ou como uma mulher que ama o seu corpo e nos motiva a nos aceitarmos e amarmos quem somos.

This Is Me virou um dos meus hinos, e ela passa toda a emoção que sinto ao escutar essa música. O trabalho que ela vem fazendo cativa e motiva jovens e adultos por todos os cantos do mundo, e me traz uma esperança de que tem muita gente boa por aí.


Fica então a minha pequena homenagem a essas mulheres que vêm fazendo uma grande diferença no mundo. Vou colocar aqui embaixo uma pequena lista de algumas outras que também são uma grande motivação para mim, e que fazem um trabalho incrível:

Read More

Share Tweet Pin It +1

14 Comments

In desafio literário livros Penelope Ward Querido Vizinho resenha

Querido Vizinho • Penelope Ward

Sou uma leitora compulsiva da Penelope Ward. Quando vi Querido Vizinho na livraria, não pensei duas vezes e comprei. E ainda bem que comprei, porque como sempre, Penelope não me decepcionou. Vem saber mais sobre a história de Chelsea e Damian.
"Lá dentro, me aproximei da parede e troquei minha obra de arte pela tela em que Damien havia me retratado com os cachorros. Com um enorme sorriso no rosto, fiquei ali olhando para ela por um tempo."
Chelsea acabou de ser deixada por seu ex-namorado Elec, e começa a acreditar que não foi feita para o amor. Decide, então, alugar um apartamento e recomeçar. Ela queria mudar de ares e focar mais em si, mas como fazer isso quando seu novo vizinho tem dois grandes cachorros que não param de latir e não a deixam dormir?


Damien é o novo vizinho, o “artista irritado” e o motivo de Chelsea se estressar quase sempre. Ainda mais depois que ela descobre que ele escuta todas as suas sessões de terapia por telefone. Ele sabe todos os seus segredos, mas depois de muitos conselhos amorosos, Chelsea e Damien se tornam bons amigos. O que ela não esperava era se ver apaixonada por ele.

Quanto mais o tempo passava, mais o sentimento entre os dois crescia, e por mais que Chelsea tentasse, Damien deixava claro que nada poderia acontecer entre os dois. Chelsea se apaixonou pelo melhor amigo. Damien tem um segredo que os impede manter um relacionamento. Até quando ele resistirá aos seus sentimentos por ela?
Mude a história.

Querido Vizinho é um livro divertido de ler. Damien é um personagem engraçado e que se preocupa muito com Chelsea. O relacionamento dos dois cresce ao decorrer do livro, e você se vê apaixonada pelo casal.

Em alguns momentos me senti um pouco incomodada com algumas ações de Damien, mas nada que estrague a história ou que coloque ele em uma categoria de “homem babaca”.

A leitura é bem rápida, e sem dramas exagerados. Temos uma história que se aproxima muito da realidade, e por isso é um livro que você pode se identificar. Penelope tem o dom de te prender à narrativa, e é um ótimo jeito de você aproveitar a tarde com uma história leve, sexy e divertida.

QUERIDO VIZINHO
Autora: Penelope Ward
Editora: Essência
Lançamento: 2018

Read More

Share Tweet Pin It +1

5 Comments

In 642 coisas carta gente que me inspira inspiração pessoal texto

Uma carta para quem me inspira

Olá, você!

Conheci seu nome antes de te conhecer. Eu só ouvia elogios. Todos falavam de você com um carinho enorme no coração, e a vontade de te conhecer só aumentava. Lembro da primeira vez que te vi cantar. Que voz era essa?! Eu fiquei encantada e minha admiração só aumentou. Amava quando você começava a cantar aquela música e se perdia em meio às melodias.

O seu sorriso para cada um que adentrava aquela sala era genuíno. Você transmitia uma força e uma energia que nos contagiava. Não sei se você tinha noção disso, mas a gente sentia, e muito. O seu jeito tranquilo nos acalmava, e seus gritos de incentivo nos impulsionavam a ir além.

Você acreditava em cada um de nós, e gosto de pensar que ainda acredita. Você acreditou em mim quando nem mesmo eu acreditei. E o quão importante isso foi pra mim! Os dias passavam e a ansiedade crescia dentro de mim. Não via a hora de ouvir seus conselhos e críticas.

Meu coração se enchia de alívio e felicidade quando eu soltava a minha voz e via seu sorriso orgulhoso. Quando eu tinha dificuldades, com toda sua calma e paciência, você me ajudava a superar. Me explicava passo a passo, me mostrando caminhos diferentes, e no fim sempre falava: "Concorda comigo? Você pode discordar!". Sua humildade era admirável. 

Não conheci metade do que você foi, mas a parte que conheci foi o suficiente para ver a pessoa de coração puro que você era. Do fundo do meu coração, queria te agradecer. Agradecer por ter me acolhido, por ter me inspirado, por ter me ouvido. Agradecer por tudo o que fez e pelo que nem imagina que fez por mim. 

Conheci mais sobre o seu passado e fiquei encantada. O quanto você já fez! Não tirei o sorriso do meu rosto a cada foto, vídeo e declaração que via sobre você. Que inspiração!

Se eu pudesse mudar algo, acho que só diria tudo isso cara a cara. Me faltou oportunidade, mas principalmente coragem. No início, eu ficava meio intimidada. Achava que tinha uma cara meio malvada, mas me enganei. Como me enganei! Você era a pessoa mais amorosa que já conheci.

Ainda é difícil acreditar, mas eu vou acreditar. Você fez com que eu me enxergasse de outra forma. Todo dia, eu tento ver aquilo que você viu em mim. Quero que se sinta orgulhoso! E que, onde quer que esteja, saiba que temos muito amor e gratidão por você e por tudo que nos passou. 

A música vive dentro de nós e é o que nos une. É o que nos dá força e é a força que precisamos para chegar lá. 

Obrigada, por tudo!

Com amor,
Yamana Diniz.

Esse texto faz parte dos projetos "Gente Que Me Inspira" e "642 Coisas". 
11. Escreva uma carta de amor para quem já se foi.

Read More

Share Tweet Pin It +1

2 Comments

In desafio literário livros paixão libertadora resenha sophie jackson

Paixão Libertadora • Sophie Jackson

Paixão Libertadora foi um presente de uma amiga e por algum motivo desconhecido, demorei anos para ler. Finalmente, tirei ele da prateleira e li. Vem ver o que achei.
"Tudo o que importava era a mulher que envolvia em seus braços, sussurrando seu amor por ele, e a sensação avassaladora de esperança que sentiu florescer em cada parte de si, todas pertencentes a Grace."
Na história, temos dois personagens com traumas passados. Max O'Hare, com seus problemas envolvendos as drogas e um coração partido, e Grace Brooks, que esconde suas dores e segredos mais profundos. As vidas dos dois se cruzam e uma cidadezinha na Virgínia Ocidental, onde foram para respirar novos ares e recomeçar.

Para Grace, Max é um cara misterioso, charmoso e que ela deveria se afastar, por ser um ex-viciado em reabilitação. Para ele, Grace é a garçonete que o intriga e o encanta, com sua leveza e sorriso, e que ele não deveria se aproximar.

Acontece que Max está trabalhando na empresa de construção do seu tio, e um dos projetos é a reforma da nova casa de Grace, então se mantaer afastado se torna uma tarefa difícil. Com o tempo, uma amizade, que mais tarde se transforma em amor, vai nascendo entre os dois, e Grace se abre sobre seu passado conturbado com Max, e vice-versa.


A trama trata de assuntos como dependência química, depressão, problemas de autoestima e relacionamentos abusivos. Conseguimos acompanhara tragetória de Max, e é visível sua mudança no decorrer do livro. Ele vive momentos de altos e baixos, mas sempre tendo a ajuda de Tate, seu padrinho e amigo, de seu psicólogo, Elliot, e de Carter, seu melhor amigo.

A história de Grace, apesar de ser citada em algumas passagens, não é muito trabalhada. Ela tem o apoio de seu irmão Kai, e de Max para superar certo assuntos, mas eles não são aprofundados. Seus traumas são fortes mas no livro, são resolvidos de uma hora para outra durante as interações entre os personagens principais.


O livro, apesar de ter um foco maior no personagem masculino, tem uma história envolvente. Sophie Jackson tem uma boa escrita, leve e direta, sem muitas enrolações durante os capítulos. Particularmente, o livro me cativou mais do que o primeiro da série, e me deu vontade de ler a sequência: Amor Sem Medidas.

PAIXÃO LIBERTADORA
Autora: Sophie Jackson
Editora: Arqueiro
Lançamento: 2016
Série Desejo Proibido (Livro 2)

Read More

Share Tweet Pin It +1

16 Comments

In brasil fotografia ilha do mel paraná viagem

FOTOGRAFIA | ILHA DO MEL

Um dos lugares mais lindos e calmos que já conheci foi a Ilha do Mel, no Paraná. O lugar tem uma energia maravilhosa, sem contar das paisagens belíssimas que você encontra por qualquer lado. Falei um pouco sobre a Ilha do Mel em um post que conto sobre 03 Lugares lindos para se conhecer aqui no Brasil.

O post de hoje é fotográfico, então aproveitem as fotos que tiramos lá em 2010! 💛

Read More

Share Tweet Pin It +1

9 Comments